Notícia

Como montar um curso de EaD em 7 dias


Como montar um curso de EaD em 7 dias

Especialista dá dicas para você otimizar tempo ao montar um curso de educação a distância.

Educação é elemento fundamental para a formação de qualquer cidadão. Desde a vida escolar até a chegada às universidades, o processo de aprendizado se transforma tanto quanto quem aprende. Com o avanço tecnológico, novas plataformas surgiram para ampliar projetos educacionais e permitir que mais pessoas tenham a oportunidade de aumentar seu repertório didático. Um exemplo são os cursos utilizando a Internet para a educação a distância.

De acordo com os dados divulgados no último Censo do Ensino Superior, de 2010 a 2014, o número de matrículas na área de educação à distância cresceu 26,71%. Este número demonstra a procura por formas de estudo mais dinâmicas e adaptáveis às mais variadas realidades - inclusive, a daqueles que desejam fazer um curso que não tem turmas abertas em sua região ou nos horários que a pessoa pode estudar.

Com o aumento na busca por este tipo de aprendizado, também sobe o grau de exigência quanto ao que é oferecido - e como é oferecido. Às empresas que desejam entrar neste ramo e disponibilizar planos de EaD relevantes para o mercado, é preciso se atentar para aspectos específicos como, por exemplo, as disciplinas que irão fundamentar o curso, o time que integrará este curso, a credibilidade da empresa - adquirida ao longo dos anos atuando na área de educação a distância -, linguagem atrativa e dinâmica para envolver os estudantes.

Cynara da Costa, pedagoga especializada em EaD e integrante da equipe da Produtiva TI - empresa especializada em criação e produção de cursos a distância para empresas no Brasil -, compartilha pontos fundamentais para se montar um pequeno curso, ou uma aula, a distância em 7 dias.

1º dia - Planejamento

Planejar é importantíssimo. Com EaD não é diferente. O primeiro dia do treinamento deve ser dedicado a elaboração do Plano de Ensino. Ele contém todos os objetos pedagógicos, descreve o público alvo, o que o aluno deve aprender e a forma de ensino.

2º dia - Conteúdo Bruto

O segundo dia é dedicado a elaboração do conteúdo bruto do treinamento. São escolhidas as bibliografias e separados os tópicos que irão compor o treinamento.

3º dia - Projeto Gráfico

O terceiro dia é dedicado aos elementos de suporte ao aprendizado, inclui o desenvolvimento dos personagens, criação das animações e modelos de telas.

4º dia - Storyboard

Neste dia é realizado o planejamento detalhado de como o treinamento será apresentado ao aluno. O Storyboard é uma ferramenta que permite esboçar todas as telas do curso, como será realizada a interação com o aluno e como ele irá interagir com o treinamento.

5º dia - Vídeo

É apenas no quinto dia que os elementos finais do treinamento começam a ser produzidos. Neste dia é realizada a produção, gravação e edição do vídeo que será disponibilizado no curso ou na aula.

6º dia - Desenvolvimento - Transposição

O penúltimo dia é dedicado a transpor o conteúdo bruto, conforme a descrição do storyboard, para a tecnologia final de apresentação do EaD.

7º dia - Linguagem/ libras

O último dia é reservado para os arremates finais e para acrescentar-se os de acessibilidade, como áudio descrições, narrações e libras.

Segundo Cynara , para conseguir montar um curso, ou uma aula, em 7 dias é necessário foco e comprometimento. “A ideia é que o especialista siga um cronograma, facilitando assim a organização e a otimização de tempo”, afirma a pedagoga. No caso de conteúdo inédito ou exclusivo, incluir elementos tecnológicos mais complexos ou, até mesmo, um nível maior de acessibilidade, talvez sejam necessários mais alguns dias no cronograma. “Mas a ideia geral da sequência de atividades permanece” finaliza Cynara.